Formado na Escola Park Tool, Ricardo Nagatomo mostra como ser feliz trabalhando com bicicleta

Muitas pessoas nem imaginam, mas boa parte dos alunos formados na Escola Park Tool veio de outros mercados de trabalho. Eles nos procuram inicialmente por serem apaixonados por bicicleta, mas quando entram para assistir a primeira aula do módulo percebem que aquele pode ser um ponto de mudança na carreira, quando aprendem como ser feliz profissionalmente.

Mas como ser feliz – de verdade – com o meu trabalho? Se você gosta de bicicletas, tornando-se mecânico capacitado ou exercendo uma outra função dentro do segmento é um bom caminho. Para lhe ajudar com uma boa história inspiradora, vamos contar a trajetória de Ricardo Mitsuaki Nagatomo, 44 anos, formado dentro da Escola Park Tool.

Financeiro, RH e cobranças

Antes de entrar no mercado de bicicletas, Ricardo era coordenador administrativo numa empresa de instalação de ar condicionados. Entre suas funções, ele era o responsável pela parte financeira, o RH e as cobranças do negócio.

“Nessa época eu procurei a assessoria de um profissional especializado em coaching. Foi nesse processo quando eu finalmente descobri que uma paixão de infância poderia se tornar minha profissão”, conta Ricardo.

Então, Ricardo buscou o sonho de trabalhar com bicicleta, sua paixão desde a infância. A resposta da pergunta “como ser feliz?” estava mais perto do que ele imaginava.

Capacitação e qualificação

“Encontrei a Escola Park Tool na internet. Depois me matriculei e completei todos os módulos da formação profissional (módulos iniciante, intermediário, avançado, relação, freio hidráulico, rodas, cubo de marcha interna, Di2, suspensões Manitou e Rock Shox). Achei o curso bastante completo e com excelente estrutura para desenvolver a parte prática”, comenta.

Hoje, Ricardo atua no mercado de bicicletas. Mais precisamente na Escola Park Tool como mecânico e coordenador de estágios práticos. Depois de muito trabalho, dedicação e estudo ele finalmente trabalha com aquilo que mais gosta. Se o Ricardo conseguiu, o que impediria você de chegar até lá, não é mesmo?

Gostou do conteúdo? Mande sugestões para a gente saber que tipo de notícia você mais gostaria de ler! E se quiser ficar mais por dentro das outras novidades, siga a gente nas redes sociais no Facebook e no Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *