Escolha uma Página

Como fazer a sincronização do sistema Eagle AXS?

Você não precisa ser exatamente um especialista em câmbios de bicicleta, mas se você pedala constantemente, ou então é um mecânico profissional, é fundamental entender melhor sobre as novas tecnologias. É o caso do sistema de câmbio eletrônico Eagle AXS, da SRAM, que pode precisar de um microajuste e sincronização para promover uma pedalada eficiente e segura.

Aqui vamos passar algumas dicas sobre a sincronização do sistema Eagle AXS, da Sram, bem como todo o funcionamento do sistema de câmbio. Nele você vai aprender a fazer a sincronização da forma certa, bem fácil e prática. Vamos lá?

Por que a sincronização é necessária?

Somente apertar os parafusos limitadores não basta. Então o microajuste vem para afinar a regulagem do câmbio de bicicleta, deixando-a ainda melhor para pedalar. Isso porque o câmbio trabalha de acordo com o cassete, o que chamamos de paralelograma. Se ele não estiver bem ajustado, o sistema de câmbio não vai passar as marchas de forma adequada ou correta em relação ao cassete. Dessa forma, o ciclista vai perder potência e desempenho, além de ouvir ruídos irritantes. Isso é por falta do microajuste, que deve ser executado.

Primeiro passo:

O primeiro passo é realizar a sincronização do sistema Eagle AXS, em que o câmbio traseiro será a base master. Ele possui um botão, que deverá ser pressionado por alguns segundos até que acione duas luzes, que ficarão piscando.

Quando essas duas luzes, então, ficarem piscando, você deve sincronizar outros componentes, como o trocador de marcha. O sistema possui um botão: pressione-o até que a luz pisque repetidamente. A mesma ação deverá ser feita nos dois trocadores de marcha, direito e esquerdo, e também no câmbio dianteiro. Um processo simples, mas fundamental.

Segundo passo:

Para fazer o microajuste do seu câmbio de bicicleta eletrônico, é preciso deixar o câmbio master piscando e, em seguida, pressionar o trocador de marcha para sincronizar.

Lembrando sempre que você vai pressionar os trocadores de acordo com a necessidade em relação a troca de marcha. Caso a passada de marcha esteja estranha, demorando para descer, é necessária uma nova regulagem do microajuste.

Para isso, o câmbio deve estar configurado com os parafusos limitadores bem regulados, assim como o ajuste de B-gap, um gabarito que vem com o kit de transmissão. E tem uma distância estabelecida de fábrica, efetiva, que deve ser seguida de acordo com o manual.

Terceiro passo:

Caso necessite, teste a marcha, girando o pedivela e apertando o trocador de marcha da direita para subir a marcha, ou o esquerdo para descer. Para descer o câmbio para a coroa menor, basta apertar os dois trocadores de marcha ao mesmo tempo.

 Esse procedimento é algo fácil e simplificado, que facilita a vida do ciclista e também do mecânico de bicicletas. Também há a possibilidade de fazer a sincronização do sistema Eagle AXS através do Bluetooth, de forma bem simples também, baixando o aplicativo em seu celular.

Dê a atenção adequada ao câmbio da sua bicicleta para poder pedalar com mais tranquilidade, eficiência, segurança e conforto. E conte com nossas dicas para solucionar os possíveis problemas que surgirem!

Neste vídeo, Alison Ferreira, chefe de mecânica da Escola Park Tool, mostra exatamente como fazer. Assista ao vídeo na íntegra e mãos na massa!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *