Por que um bom mecânico de bicicletas é importante?

Foto: Pedro Cury

Habilidade técnica, dedicação e qualificação profissional. Este tripé é fundamental para quem quer entender de mecânica de bicicletas. Mas por que é importante contar com um bom mecânico para a sua bike? Contar com um profissional de confiança – e até saber qual a formação do especialista – pode fazer muita diferença no desempenho e na segurança de quem pedala.

Mas, na prática, que diferença faz alguém que tenha qualificação e que conheça todos os detalhes e segredos da mecânica de bicicletas? Para quem pedala constantemente, faz muita diferença.

A atleta olímpica Raiza Goulão, um dos principais nomes do mountain bike brasileiro, diz que já passou por algumas dificuldades com isso – como qualquer ciclista, né?! Hoje, entende perfeitamente o que um especialista em mecânica de bicicletas pode fazer por ela.

“Quem pedala precisa ter o equipamento impecável, em ótimas condições. Quando você tem um mecânico de confiança, que está sempre atualizado e investindo em cursos, facilita demais. Entro nas provas só pensando em pedalar e nada mais”, diz a atleta.

A análise dela é corroborada por Willian Cruz, editor do site Vá de Bike. Ele tem a bike como principal meio de transporte pelas ruas de São Paulo, indo a compromissos profissionais e pessoais pedalando. E diz que já passou por situações desagradáveis em oficinas mecânicas de bicicleta.

“Encontrei mecânicos que ficam forçando situação para o cliente gastar mais, inventando problemas que não existem e exagerando em pequenas coisas que não demandam troca. Já deixei de ir em várias oficians por conta disso”, comenta.

Infelizmente esse problema não acontece só com ele, a gente sabe disso. Por este motivo é importante saber das qualificações do profissional a quem confiamos a nossa bicicleta (para quem é mecânico, recomendamos este texto aqui).

Depois de passar por maus mecânicos, hoje Willian tem clara a importância de deixar a bike em um profissional de confiança.

“O bom mecânico é aquele que tem um conhecimento técnico profundo, mas que também se esforça em conhecer a realidade de uso do cliente para sugerir mudanças de configuração da bicicleta. Às vezes, um pneu diferente, um câmbio de outro tipo ou até uma mesa mais alta fazem bastante diferença”, diz Willian.

O que a gente aqui na Escola Park Tool concorda demais, e inclusive fala disso nos nossos cursos: mais do que conhecimento técnico, é importante entender de gestão e da realidade dos ciclistas.

mecânica de bicicletas

Para Giancarlo Clini, diretor da IGP Sports (que distribui a Scott no Brasil), um mecânico é importante para quem pedala a lazer, para quem usa a bicicleta como meio de transporte e, claro, também para atletas.

“Um bom mecânico garante a durabilidade da bicicleta, fazendo manutenção preventiva e evitando desgaste prematuro dos componentes. Uma bike bem cuidada é uma bike confiável”, explica ele.

Raiza ainda complementa dando a dica: revise sua bicicleta (em um mecânico qualificado, claro) uma vez ao mês. “Minha sugestão é uma vez ao mês para quem pedala constantemente. Assim sua bicicleta vai estar sempre pefeita pra você”.

Quer saber mais? Fique de olho no nosso Facebook e no Instagram.

A Escola Park Tool está no Brasil desde 2013 e já formou mais de 2.000 alunos. O curso possui dez módulos diferentes e todos eles funcionam para ciclistas amadores, lojistas do mercado de bicicletas e mecânicos interessados em qualificação profissional. É um curso moderno e totalmente alinhado com as novas tecnologias do mercado.

Como limpar a suspensão da bicicleta em dois minutos

Limpar a sujeira de terra da suspensão da bicicleta depois do pedal é fundamental, você sabe o porquê? E o mais importante: como fazer essa limpeza da maneira correta? Em novo vídeo de dicas especiais para ciclistas, a escola de mecânicos de bike, Escola Park Tool e a revista Ride Bike ensinam como o ciclista deve realizar esses procedimentos em apenas dois minutos.

Veja no vídeo:

Gostou do conteúdo? Mande sugestões para a gente saber que tipo de notícia você mais gostaria de ler! Siga a gente nas redes sociais no Facebook e no Instagram.

A Escola Park Tool está no Brasil desde 2013 e já formou mais de 2.000 alunos. O curso possui dez módulos diferentes e todos eles funcionam para ciclistas amadores, lojistas do mercado de bicicletas e mecânicos interessados em qualificação profissional. É um curso moderno e totalmente alinhado com as novas tecnologias do mercado.

Oficina de bicicleta: o que fazer na sua bike antes do pedal de férias

Com as férias de fim de ano chegando, os apaixonados por bicicleta já ficam pensando em que caminhos irão colocar suas bikes para rodar. Alguns vão encarar longos pedais de cicloturismo, outros vão pedalar suas estradeiras e ainda tem a turma dos que vão fazer diversas trilhas de mountain bike. Seja qual for a sua, uma coisa é certa: levar a bicicleta no seu mecânico de confiança na melhor oficina de bicicleta da sua cidade.

Pensando nisso, preparamos algumas dicas para que você saiba exatamente o que fazer – e o que não fazer – antes de encarar as pedaladas de verão.

Momento indicado para a revisão
Esta é uma época altamente recomendada para fazer uma manutenção geral na sua bicicleta. Como muita gente entra em férias, a tendência é que as pessoas pedalem mais – e em alguns casos até mesmo a sua oficina de bicicleta favorita pode estar em período de recesso.

Antes de entrar de férias, leve a sua bike em uma loja especializada. E garanta que suas férias serão curtidas ao ar livre e não dentro de uma oficina.

O que devo revisar
O mais indicado é uma manutenção geral da bicicleta. Nela, a bike é desmontada e o mecânico capacitado analisa todos os detalhes: desgastes e peças a serem substituídas para que você não tenha surpresas desagradáveis no meio do caminho.

É importante que toda a manutenção seja feita com produtos de boa qualidade. Graxas e lubrificantes adequados para os componentes da bicicleta. Atenção redobrada à lubrificação de correntes e desgastes de pastilhas e sapatas de freio.

Detalhe da corrente da bike

Atenção à lubrificação das correntes. Foto: Murilo Rezende

O que meu mecânico não deve usar
É comum a gente ver pessoas usarem produtos inadequados para lubrificação. Por exemplo desengripantes, lubrificantes à base de petróleo e graxas de baixa qualidade. Não é só ruim para a sua bicicleta, mas também é prejudicial para o meio ambiente.

Estes produtos geram desgaste excessivo e acelerado na sua bike. E, consequentemente, gerando maior custo de manutenção.

Atenção especial aos freios, pneus e correntes
É claro que toda a bicicleta precisa ser revisada antes de uma viagem de cicloturismo ou trilhas constantes. Mas três pontos merecem mais atenção: lubrificação de corrente, as pastilhas e sapatas de freio e a pressão dos pneus. Com esta manutenção mais detalhada, você diminuirá consideravelmente a chance de ter problemas ocasionados por desgaste.

Onde levo minha bike
Uma oficina de bicicleta competente é aquela que tem um mecânico capacitado (nossa dica: se ele tiver capacitação na Escola Park Tool ajuda muito). Um profissional que se especializou tem não só o conhecimento prático, mas também a teoria da mecânica de bicicleta.

Ter as ferramentas certas, somado ao conhecimento técnico, resulta em qualidade de serviço. E a garantia de que você não terá surpresas quando estiver pedalando.

Tudo certo? Então boas férias!

Curta nossa página no Facebook clicando aqui!

5 lugares onde tem Escola Park Tool e você não sabia

6 países do mundo, 17 estados brasileiros, competições e ciclofaixas de lazer. Onde tem um serviço de qualidade prestado em mecânica de bicicletas, lá está um profissional qualificado e capacitado pela Escola Park Tool, a primeira instituição especializada na formação profissional de mecânico de bicicletas.

Veja os lugares onde você pode encontrar a Escola Park Tool – seja por meio dos serviços dos mecânicos – além da nossa unidade ao lado do Parque do Ibirapuera:

Nas ciclovias de São Paulo-SP

Você sabia? Os mecânicos que auxiliam os ciclistas nas ciclofaixas de lazer pela capital paulista foram capacitados pela Escola Park Tool. Então, sempre que for pedalar pela cidade aos finais de semana e precisar de ajuda, pode contar com o auxílio desses profissionais. Eles são capacitados pelo módulo Iniciante do nosso curso para mecânicos de bicicleta.

E em outros 16 estados brasileiros

Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiânia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul Santa Catarina e São Paulo – além do Distrito Federal.

Todos esses estados possuem alunos formados e capacitados pelo curso de mecânica da Escola Park Tool trabalhando como mecânicos de bicicletas.

“Depois que voltei de São Paulo, consegui reestruturar a oficina e comecei de verdade o trabalho. Não tenho dúvidas que o curso só me fez aprender mais e crescer profissionalmente”, conta Leonardo Amante, ex-aluno que abriu sua própria oficina em Recife-PE.

Em Sidney, na Austrália

Na Escola Park Tool, a certificação é internacional. Ou seja, o seu diploma de mecânico de bicicletas vale em qualquer país do mundo. Essa qualificação permitiu que Rodrigo Notaro, ex-aluno da escola, abrisse sua oficina na terra do canguru.

“Trabalho três vezes por semana. Mesmo assim uso muito o conhecimento que adquiri na Escola Park Tool não só no meu trabalho, mas também todos os dias nas bicicletas que monto ou conserto”, contou.

E outros 5 países do mundo

Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Paraguai, Inglaterra e Irlanda são outras nações em que atuam ex-alunos da Escola Park Tool.

Na Copa Internacional de Mountain Bike 2016

A Escola Park Tool é responsável pela manutenção das bicicletas dos atletas da equipe Focus XC Team Brasil durante as principais provas do ano. Logo, os profissionais e um aluno da instituição estiveram presentes na etapa inicial da competição, em Araxá-MG.

“Gostei muito do trabalho feito por eles. A equipe de mecânicos da Escola Park Tool foi extremamente atenciosa, organizada, ágil e assertiva no trabalho. Usavam as ferramentas certas e atendiam prontamente. Corresponderam todas as minhas expectativas. Tenho certeza que as próximas vezes que nos encontrarmos será ainda melhor”, palavras do atual campeão brasileiro de mountain bike, Halysson Ferreira.

Gostou? Então, fique de olho nas novidades da Escola Park Tool! Entre no site www.escolaparktool.com.br ou veja no Facebook www.facebook.com/escolaparktool.

 

 

Capacitação: o diferencial para a sua oficina de bike

Capacitação: ação ou efeito de qualificar. Para quem quer ser posicionar bem no mercado, seja ele qual for, é preciso se qualificar profissionalmente.

No ramo das bikes não é diferente. Ter um mecânico especializado e capacitado para cuidar da oficina da sua loja é um diferencial que você busca para sobressair-se no mercado. E mais: um requisito básico!

O que um mecânico capacitado pode trazer ao meu negócio?

Segurança: um especialista em mecânica, traz segurança a você e aos seus clientes. O know how na hora de uma manutenção pode fazer a diferença. A chance do seu cliente voltar com bicicleta depois de um possível erro na manutenção é mínima;

Garantia de um serviço de qualidade: aquela história de saber fazer e atender da forma correta. Por isso a capacitação deve ser teoria e prática, o que é oferecido pela Escola Park Tool. Essa combinação é o que prepara o profissional para prestar um serviço da melhor forma;

Fidelização: para o ciclista, a bicicleta é o seu bem mais precioso. Se ele encontrar alguém que vai tratá-la melhor do que ele mesmo, ele não vai largar esse mecânico e sempre voltará a sua loja! Além disso…

Agrega valor e credibilidade: quando você tem um mecânico capacitado em sua oficina, ele acaba se tornando uma espécie de imã. Pela qualidade de serviço prestado, seu negócio pode virar referência. Isso gera credibilidade e atrai cada vez mais clientes, que buscam um confiança, segurança e eficiência.

Atendimento: conhecimento técnico é a base, mas não pode esquecer que está lidando com pessoas. Saber apresentar-se, defender seu ponto de vista e atender as necessidades de cada cliente.

Os cursos oferecidos pela Escola Park Tool vão ao encontro da sua necessidade, uma vez que formam um mecânico completo em 66 horas de aulas presencias. A nossa formação profissional inclui os módulos iniciante, intermediário, avançado, relação, suspensão, Di2 eletrônico, freio hidráulico, rodas, estágio e avaliação.

Padronização de processos, organização, conhecimento total da bicicleta, métodos de atendimento e autonomia são algumas coisas que você leva ao sair da Escola Park Tool.

Nosso conteúdo é mundialmente reconhecido e exclusivo para você desenvolver ainda mais o seu negócio.