Desconto, certificação e tecnologia de ponta: veja as vantagens de fazer curso de suspensão Fox na Escola Park Tool

Ganhar descontos na compra de produtos, tornar-se um revendedor oficial, fazer aulas com suspensões de alta tecnologia e receber a certificação de assistência técnica oficial da Fox. Essas são algumas das vantagens disponíveis para os profissionais do setor que fizerem na Escola Park Tool (líder em mecânica de bicicleta) o curso da marca líder em design e desenvolvimento de suspensões de alta performance para bicicletas no Brasil.

Escola Park Tool e FOX

fox 32

A confirmação da parceria entre a Escola Park Tool e a Fox dá autorização à instituição para ministrar aulas teóricas e práticas sobre as suspensões da marca norte-americana. E um grande diferencial: cada aluno terá em mãos uma suspensão para trabalhar (modelo mais novo disponível no mercado), além de receber o melhor e mais atualizado conteúdo do setor.

“Nosso curso é o mais atualizado do mercado. Este ano, fizemos um intensivo da Fox nos Estados Unidos. Enviamos um representante da escola para aprender a fazer a manutenção correta do equipamento da melhor maneira possível. Temos um profissional altamente capacitado e atualizado para ministrar esse curso”, comenta Henrique Zompero, idealizador e fundador da primeira Escola Park Tool da América Latina.

32-sc-gallery-10

Vantagens exclusivas para lojistas

O curso tem vantagens específicas para lojistas ou mecânicos que atuam em bike shops no Brasil: estes alunos poderão adquirir as peças originais da Fox direto com o distribuidor (Bronet do Brasil), com direito a 10% de desconto no primeiro pedido. Além disso, ele receberá uma identificação visual de revenda autorizada e assistência técnica da marca, comprovando sua certificação.

Sobre o curso

Com duração de 9 horas, o módulo inclui prática com montagem e desmontagem da suspensão. Haverá explicação sobre as peças, os principais problemas que podem surgir, como solucioná-los e demonstração da forma correta de regulagem o sistema de travas. O aluno vai aprender a efetuar a troca de componentes, como explicar ao cliente sobre a hora certa de efetuar a manutenção do sistema. Mais informações no link.

Quer saber mais sobre os cursos da Escola Park Tool (instituição de mecânica de bicicleta)? Entre no site www.escolaparktool.com.br ou veja no Facebook www.facebook.com/escolaparktool.

Capacitação: o diferencial para a sua oficina de bike

Capacitação: ação ou efeito de qualificar. Para quem quer ser posicionar bem no mercado, seja ele qual for, é preciso se qualificar profissionalmente.

No ramo das bikes não é diferente. Ter um mecânico especializado e capacitado para cuidar da oficina da sua loja é um diferencial que você busca para sobressair-se no mercado. E mais: um requisito básico!

O que um mecânico capacitado pode trazer ao meu negócio?

Segurança: um especialista em mecânica, traz segurança a você e aos seus clientes. O know how na hora de uma manutenção pode fazer a diferença. A chance do seu cliente voltar com bicicleta depois de um possível erro na manutenção é mínima;

Garantia de um serviço de qualidade: aquela história de saber fazer e atender da forma correta. Por isso a capacitação deve ser teoria e prática, o que é oferecido pela Escola Park Tool. Essa combinação é o que prepara o profissional para prestar um serviço da melhor forma;

Fidelização: para o ciclista, a bicicleta é o seu bem mais precioso. Se ele encontrar alguém que vai tratá-la melhor do que ele mesmo, ele não vai largar esse mecânico e sempre voltará a sua loja! Além disso…

Agrega valor e credibilidade: quando você tem um mecânico capacitado em sua oficina, ele acaba se tornando uma espécie de imã. Pela qualidade de serviço prestado, seu negócio pode virar referência. Isso gera credibilidade e atrai cada vez mais clientes, que buscam um confiança, segurança e eficiência.

Atendimento: conhecimento técnico é a base, mas não pode esquecer que está lidando com pessoas. Saber apresentar-se, defender seu ponto de vista e atender as necessidades de cada cliente.

Os cursos oferecidos pela Escola Park Tool vão ao encontro da sua necessidade, uma vez que formam um mecânico completo em 66 horas de aulas presencias. A nossa formação profissional inclui os módulos iniciante, intermediário, avançado, relação, suspensão, Di2 eletrônico, freio hidráulico, rodas, estágio e avaliação.

Padronização de processos, organização, conhecimento total da bicicleta, métodos de atendimento e autonomia são algumas coisas que você leva ao sair da Escola Park Tool.

Nosso conteúdo é mundialmente reconhecido e exclusivo para você desenvolver ainda mais o seu negócio.

5 motivos para fazer um curso na Escola Park Tool

Seja por hobby ou paixão pelas magrelas. Por buscar conhecimento na área ou independência na hora da manutenção. Se você busca conteúdo e profissionalização, a Escola Park Tool oferece cursos que atendem todo tipo de ciclista.

Pensando nisso, conversaram com algumas pessoas que se formaram na escola, além da nossa equipe técnica, que nos contaram os motivos pelos quais você precisa destes cursos que podem fazer a diferença no seu dia a dia. Veja abaixo:

Guilherme Oliveira Moreira – Aluno – Barbacena-MG:

“O motivo que me levou à Escola foi orientação. Sempre quis abrir a minha loja, mas para isso eu precisava conhecer de verdade sobre a bike. Eles formalizam o jeito de trabalhar com a bicicleta. Os padrões e organização, a ênfase para o uso de torquímetro e ferramentas adequadas em cada situação. Realmente foi ótimo e pude adquirir o conhecimento necessário para aplicar em minha oficina”.

Vinicius Villas Boas de Alencar – Aluno – São Paulo-SP:

“Eu sou engenheiro mecânico e precisava de um curso que oferecesse conhecimento amplo sobre a parte técnica e mecânica de bicicleta, além de mostrar as principais ferramentas e utilidades. Foi maravilhoso pra mim devido ao nível técnico bem alto. As aulas do Carlão foram ótimas. Saí pronto para aplicar e sem nenhuma dúvida”,

Hugo Mônaco Cardoso – Aluno – São Paulo-SP:

“Busquei a Escola Park Tool para me diferenciar no mercado. Você tem que saber empregar a tecnologia, ter noção de padrões estabelecidos. Não é só a prática que faz o bom mecânico. Existe uma metodologia. Um suporte que você precisa acompanhar além de saber aplicar a teoria. Aprendemos a importância de ler o manual e seguir as regras. Só assim você sabe o que vai entregar. Como eu pedalo no meu dia a dia, uso tudo o que aprendi”.

Henrique Zompero, Diretor de Ensino e fundador da Escola Park Tool no Brasil:

“Acredito que o principal motivo é adquirir conhecimento sobre a bicicleta e ter autonomia sobre ela. Conhecer bem os produtos, saber escolher as peças e estar por dentro da parte mecânica. Para o lojista é fundamental o conhecimento dos processos, dos manuais e da padronização”.

Carlos Oliveira, o “Carlão” – Instrutor Técnico da Escola Park Tool:

“Nosso ambiente é bem família. Quem deseja se tornar um profissional da área ou apenas tem na bike um meio de lazer e quer se aprofundar mais em seu mundo, os cursos são bem completos. Quem deseja independência na hora do aperto, quando fura o pneu, por exemplo, nós damos toda a base de manutenção. Toda nossa teoria você pratica no dia a dia do pedal”.

Esses são apenas 5 motivos dos vários que podem te levar aos nossos cursos! Quer saber mais? Entre em contato com a gente.

Dica da Escola Park Tool: o que checar na bike antes do pedal?

Capacete, mochila, carteira e celular. O carro fica na garagem. Tudo pronto para pegar a bicicleta e ir embora. Será mesmo? Antes de subir na magrela é preciso conferir detalhes importantes como pneus, freios e alinhamento, mas por onde começo?

Separamos QUATRO DICAS que podem ajudar na preparação da sua bike antes de encarar o trajeto. Um hábito simples e rápido que, se feito da maneira correta, não leva mais do que 5 minutos e faz toda diferença. Portanto antes de pedalar, não se esqueça de:

Checar a calibragem do pneu: Pneus muito cheios não aderem na curva e deixam a desejar no amortecimento. Já os murchos podem causar danos nos aros das rodas, além de aumentar a possibilidade de furos. Agora convenhamos: trocar um pneu dá muito mais trabalho do que calibrá-lo, certo?

Por isso, cheque sua calibragem. A quantidade correta de ar está descrita logo ao lado do pneu. Basta seguir as nossas dicas e ficar atento às informações do fabricante.

Testar os freios: Se os freios não estiverem em ordem, o ciclista corre grande risco durante o pedal. O processo vai dos manetes no guidão, passa pela pressão dos cabos até chegar às sapatas de borracha. Essas últimas se estiverem ressacadas ou rachadas, devem ser trocadas. O mesmo vale caso estejam desgastadas (espessura de menos de ½ polegada).

Conferir a corrente: A corrente deve estar sempre lubrificada por um óleo especial. Uma dica: Muc-Off! É referência no mercado. Se pensar em usar óleo de cozinha, Singer ou WD-40 pare! Não seja louco! Pedale com segurança. Isso vai evitar danos na bike em situações que envolvem lama, chuva ou maresia, além de reduzir o desgaste excessivo dos pneus.

E as marchas? Estão ajustadas? (se você tem bike fixa, ignore este tópico :)) Dependendo da cidade, não tem jeito: é preciso ter uma bicicleta de marcha. Em São Paulo, por exemplo, há muitas subidas e descidas, e elas são fundamentais. Verificar se elas estão funcionando direitinho vai evitar quedas e problemas na corrente. Fique de olho!

Tudo pronto, agora vem a melhor parte: pedalar. Se quiser uma orientação mais detalhada sobre como deixar a sua bike perfeita, fale com a gente. Nós da Escola Park Tool teremos a maior satisfação em recebê-lo nos nossos cursos