Selo de qualidade: melhor do Brasil em setembro vai ser mecânico no Brasil Ride

Seis meses depois, o mecânico de bikes Diego Hertel volta ao lugar mais alto do ranking do Selo de Qualidade – iniciativa criada pela Escola Park Tool que permite avaliar o atendimento e serviços de mecânicos de bicicleta profissionais. Com 134 avaliações com a nota máxima, Diego foi o melhor do mês de setembro e justifica, assim, sua volta ao primeiro lugar como o melhor mecânico do Brasil.

E, desta vez, recebeu uma oportunidade especial: ele foi convidado para participar do Brasil Ride como parte da equipe Blue Angels, da Shimano, referência em apoio neutro nos eventos de ciclismo.

“Devo isso graças ao Selo de Qualidade e aos cursos que fiz na Escola. O Brasil Ride é uma das maiores provas do Brasil e será uma experiência incrível, tenho certeza. Estar ali com os principais atletas e fazendo o que mais amo, e ajudando as equipes com o suporte mecânico”, comemorou Diego.

Além de participar da maior ultramaratona do Brasil, que acontece de 21 a 27 de outubro, ele ainda comemora o fato de ter sido o melhor mecânico do Brasil em setembro.

“Voltar ao topo do ranking, além de uma gratificação imensa pessoal, é resultado do trabalho que tento implementar no dia a dia, e mostra também que os clientes estão gostando do serviço realizado nas bicicletas”, explica Diego.

Atendimento de primeiro mundo

Com a certificação e capacitação que buscou, Diego pôde evoluir a questão do atendimento e relação com seus clientes, tendo aberto sua cabeça com ideias para a gestão do seu negócio. Além disso, é claro, o conhecimento teórico e prático sobre as bicicletas, componentes e suas particularidades promoveram uma verdadeira evolução profissional ao mecânico da D’Bikes, de São Bernardo do Campo-SP.

Sobre esta evolução e mudança de antes e depois da capacitação, Diego comenta que “me enxergo um profissional e uma pessoa totalmente diferente depois dos cursos que fiz. Consegui desenvolver melhor os processos e mudei muito os conceitos e práticas sobre a mecânica de bikes. Hoje me sinto um profissional mais capacitado para atender ao meu público, sempre tentando passar o máximo de confiança em cada serviço”.

Afinal, quando uma pessoa leva uma bicicleta para o conserto, espera o máximo de atenção e cuidado por parte do profissional. Espera, também, conhecimento comprovado, experiência e confiança no que está fazendo, certo? É como se a bicicleta fosse o paciente e o mecânico, o médico. E, também por isso, não se pode deixar o conserto da sua bicicleta com qualquer pessoa.

E você, o que está esperando para buscar a qualificação e se tornar um profissional reconhecido no segmento de mecânica de bikes? Procure um dos cursos da Escola Park Tool e dê um passo à frente: https://goo.gl/7WBDoh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *