Por que um bom mecânico de bicicletas é importante?

Foto: Pedro Cury

Habilidade técnica, dedicação e qualificação profissional. Este tripé é fundamental para quem quer entender de mecânica de bicicletas. Mas por que é importante contar com um bom mecânico para a sua bike? Contar com um profissional de confiança – e até saber qual a formação do especialista – pode fazer muita diferença no desempenho e na segurança de quem pedala.

Mas, na prática, que diferença faz alguém que tenha qualificação e que conheça todos os detalhes e segredos da mecânica de bicicletas? Para quem pedala constantemente, faz muita diferença.

A atleta olímpica Raiza Goulão, um dos principais nomes do mountain bike brasileiro, diz que já passou por algumas dificuldades com isso – como qualquer ciclista, né?! Hoje, entende perfeitamente o que um especialista em mecânica de bicicletas pode fazer por ela.

“Quem pedala precisa ter o equipamento impecável, em ótimas condições. Quando você tem um mecânico de confiança, que está sempre atualizado e investindo em cursos, facilita demais. Entro nas provas só pensando em pedalar e nada mais”, diz a atleta.

A análise dela é corroborada por Willian Cruz, editor do site Vá de Bike. Ele tem a bike como principal meio de transporte pelas ruas de São Paulo, indo a compromissos profissionais e pessoais pedalando. E diz que já passou por situações desagradáveis em oficinas mecânicas de bicicleta.

“Encontrei mecânicos que ficam forçando situação para o cliente gastar mais, inventando problemas que não existem e exagerando em pequenas coisas que não demandam troca. Já deixei de ir em várias oficians por conta disso”, comenta.

Infelizmente esse problema não acontece só com ele, a gente sabe disso. Por este motivo é importante saber das qualificações do profissional a quem confiamos a nossa bicicleta (para quem é mecânico, recomendamos este texto aqui).

Depois de passar por maus mecânicos, hoje Willian tem clara a importância de deixar a bike em um profissional de confiança.

“O bom mecânico é aquele que tem um conhecimento técnico profundo, mas que também se esforça em conhecer a realidade de uso do cliente para sugerir mudanças de configuração da bicicleta. Às vezes, um pneu diferente, um câmbio de outro tipo ou até uma mesa mais alta fazem bastante diferença”, diz Willian.

O que a gente aqui na Escola Park Tool concorda demais, e inclusive fala disso nos nossos cursos: mais do que conhecimento técnico, é importante entender de gestão e da realidade dos ciclistas.

mecânica de bicicletas

Para Giancarlo Clini, diretor da IGP Sports (que distribui a Scott no Brasil), um mecânico é importante para quem pedala a lazer, para quem usa a bicicleta como meio de transporte e, claro, também para atletas.

“Um bom mecânico garante a durabilidade da bicicleta, fazendo manutenção preventiva e evitando desgaste prematuro dos componentes. Uma bike bem cuidada é uma bike confiável”, explica ele.

Raiza ainda complementa dando a dica: revise sua bicicleta (em um mecânico qualificado, claro) uma vez ao mês. “Minha sugestão é uma vez ao mês para quem pedala constantemente. Assim sua bicicleta vai estar sempre pefeita pra você”.

Quer saber mais? Fique de olho no nosso Facebook e no Instagram.

A Escola Park Tool está no Brasil desde 2013 e já formou mais de 2.000 alunos. O curso possui dez módulos diferentes e todos eles funcionam para ciclistas amadores, lojistas do mercado de bicicletas e mecânicos interessados em qualificação profissional. É um curso moderno e totalmente alinhado com as novas tecnologias do mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *