Quer fazer do seu hobby uma fonte de renda? Torne-se um mecânico de bicicletas

Quem nunca pensou em fazer do seu hobby uma fonte de renda, que atire a primeira pedra. É, isso já pode ter passado por sua cabeça, então adiantamos: sim, é possível fazer o que gosta, ter prazer pela jornada diária e ainda ganhar dinheiro com isso. E, no caso do setor de mecânica de bicicletas é ainda mais factível.

“Um curso de capacitação e formação profissional como o de mecânica de bicicletas é a grande oportunidade de você realizar seu sonho, fazendo do trabalho um prazer, sem precisar se sacrificar pelo dinheiro fazendo o que não gosta”, afirma Henrique Zompero, diretor de ensino e fundador da Escola Park Tool.

Porém, ele enfatiza que, para a mudança de vida acontecer e o seu hobby virar uma fonte de renda, a capacitação é mais do que fundamental.

“Quanto mais capacitado, menor é o risco de dar errado. O investimento em si próprio e na oficina, assim como as ferramentas, é algo que se paga mais rápido do que se imagina, pois o uso é constante e contínuo. O que acho válido questionar é: qual é o tamanho do seu sonho e o tamanho da sua vontade de tornar o seu hobby em uma fonte de renda?”, complementa Zompero.

E você, consegue responder a estas perguntas?

Em quanto tempo o investimento retorna?

Uma das coisas mais interessantes no setor de mecânica de bicicletas é que o investimento em um curso de capacitação vai além do conhecimento: ele é revertido em renda em pouco tempo. É uma formação integral que prepara o profissional para o mercado e oferece um rápido retorno financeiro.

Na Escola Park Tool, o aluno que investe na formação tem acesso a um estudo de viabilidade econômica. Nele, é possível enxergar a realidade do mercado que o futuro profissional irá atuar para ter sua nova fonte de renda: demanda do mercado, a oferta de profissionais capacitados e muitos outros fatores são colocados numa equação que sugere ao aluno o tempo em que ele terá o retorno financeiro após o seu investimento, a variar de acordo com o curso escolhido.

O estudo de viabilidade  econômica padrão da Escola aponta que a média de retorno financeiro é de 6 a 8 meses, por módulo.

A mudança de vida por quem apostou em si mesmo

“Sempre gostei de pedalar e competir. Num determinado momento da minha vida, vi que precisava mudar de ares e fazer algo por mim mesmo. Ao enxergar alguns problemas no atendimento e prestação de serviços de mecânica, resolvi buscar conhecimento para tentar mudar essa realidade, e fiz do meu hobby a minha fonte de renda”, explica Iedo de Carvalho, mecânico formado na Escola que atua em Curitiba-PR, eleito duas vezes melhor mecânico de bicicletas do Ranking Selo de Qualidade.

Esse espírito empreendedor do Iedo foi decisivo para que ele pudesse realizar o que idealizou: aplicar o conhecimento que aprendeu em seu dia a dia, atendendo da melhor forma os ciclistas, da mesma forma que ele gostaria que fosse atendido, já que também pedala como hobby.

“Sempre tentava consertar, desde pequeno, as minhas bicicletas e as dos meus amigos. Gostava muito de ajustar os freios da bike, foi o primeiro sistema que procurei entender para eu mesmo arrumar. Depois a relação de marchas e por aí foi, mas até então fazia apenas por prazer. Hoje transformei meu hobby em minha fonte de renda, a minha profissão, trabalhando com o que realmente amo”, conta Hebert Luis Moreira Neto, de Minas Gerais, também formado pela Escola Park Tool que esteve no topo do ranking Selo de Qualidade ano passado.

É verdade, porém, que este passo adiante de tornar o seu hobby uma fonte de renda, não é tão simples. Ou, na verdade, pode não parecer tão simples. As incertezas do futuro, a coragem de investir os recursos em uma formação nova ou um negócio novo podem impedir que apostemos em uma mudança de vida.

Para trabalhar com o que gosta é preciso se mexer e dar o primeiro passo em busca da satisfação profissional. E você, está pronto para fazer do seu hobby a sua nova fonte de renda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *