3 dicas de mecânica que todo ciclista deve saber

Quem nunca teve problemas na sua bicicleta que atire a primeira chave Allen, não é mesmo? Por isso entender de mecânica de bicicleta é algo tão importante. Dando a largada nesta coluna, o Bike Especialista da Escola Park Tool vai levar até você um conteúdo informativo, com dicas, informações e conselhos para você que ama pedalar não ficar na mão. Ou, se ficar durante o pedal, saber exatamente o que fazer. 

Seja para fazer uma trilha no final de semana ou pedalar até o trabalho, conhecer a sua bike e como ela funciona é essencial. Por estes e outros motivos, o Bike Especialista deste mês traz para você três dicas de mecânica de bicicleta que todo ciclista deveria saber.  

Lubrifique e troque a corrente sempre que necessário 

Você está pedalando e curtindo, mas ouvindo alguns barulhos que não entende muito bem o que são? Pois, então, este é um dos sinais clássicos de que já está na hora de lubrificar a corrente da sua magrela. Bicicletas que só rodam em asfalto exigem menos manutenção do que mountain bikes, que estão em contato constante com a terra. Mesmo assim, fique atento a rangidos, por menores que sejam.  

E a hora certa de trocar a corrente? É simples: fique sempre atento a ela. Apesar de ser uma peça que pode ser considerada barata, a corrente é o principal item de segurança da transmissão da sua bicicleta. E, com o uso constante, ela sofre o desgaste natural pelo atrito das partes metálicas e pela abrasão da terra, poeira, areia. Além disso, se o ciclista força muito a bike, pedalando de pé, por exemplo, ela pode ser prejudicada, precisando de uma troca. 

Quando ela começar a dar sinais que não está mais encaixando perfeitamente nos dentes das engrenagens, dando aqueles famosos “trancos”, é hora de trocar ou levar até o seu mecânico de confiança. Se você pedala na cidade, tenha certeza: essa iniciativa evitará custos muito maiores com o desgaste de outras peças.

Suspensão em bicicleta  

Limpe muito bem a sua suspensão 

Suspensão é coisa séria e cada uma tem a sua particularidade. Todas, porém, têm em comum o manual de uso. E, por isso, toda vez que você for pedalar é importante efetuar uma limpeza superficial, externa e internamente. Com um daqueles panos multiuso que você provavelmente possui na cozinha de casa é fácil fazer a limpeza da sua suspensão. 

Envolva o pano, que deve estar limpo, na haste da suspensão e limpe sempre de baixo para cima, sem usar nenhum produto químico. A direção da limpeza é essencial: se você fizer de cima para baixo é capaz de levar sujeira para dentro da suspensão, ficando mais difícil de higienizá-la. Faça isso nos dois lados, dê atenção ao tubo deslizante e pronto! 

Teste os freios, e troque se derem sinais de desgaste 

Não precisaria nem comentar, mas se os freios não estiverem em ordem, o ciclista corre grande risco durante o pedal. O processo vai das manetes no guidão, passa pela pressão dos cabos até chegar nas sapatas de borracha. Essas últimas, se estiverem ressacadas ou rachadas, devem ser trocadas. Ah, o mesmo vale caso estejam desgastadas (espessura de menos de ½ polegada), beleza?! 

Saber de mecânica de bicicleta é importante para todo o ciclista e, se você ainda não consegue realizar estes processos sozinho, vai uma outra dica para você se capacitar: os cursos da Escola Park Tool, que são capazes de transformar a sua vida. Seja amador ou profissional, para ter independência durante suas pedaladas, os cursos vão levar conhecimento para você pedalar sem problemas e te preparar para os possíveis contratempos. Torne-se, você também, um Bike Especialista! 

 

Este texto foi publicado originalmente na edição de Março/2018 da Revista Bicicleta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *