Atual campeão do Selo de Qualidade afirma: “a capacitação mudou meu jeito de trabalhar”

Chegar ao topo de algum campeonato é difícil. Mais difícil, porém, é se manter no topo. Pela terceira vez, o proprietário e mecânico da Vinibike, Vinicius Oliveira alcança, através da capacitação profissional, o lugar mais alto do pódio do Selo de Qualidade, que avalia o atendimento dos mecânicos de bicicleta profissionais no Brasil.

Foi a capacitação feita na Escola Park Tool que permitiu ao Vinicius ser reconhecido pelo trabalho, tanto pelos clientes quanto por empresas do segmento, que veem um profissional pronto para atuar e solucionar problemas de mecânica. Isso e, claro, a qualidade do seu trabalho, atendimento e vontade de a cada dia estar melhor e mais preparado para satisfazer as necessidades dos seus clientes.

“Graças à minha formação de mecânico profissional na Escola Park Tool tenho recebido elogios de muitas pessoas e também convites para participar de eventos e provas de MTB. Inclusive, em maio fui convidado pela Shimano para participar do apoio neutro mecânico em uma ultramaratona, na Serra da Canastra, em Minas Gerais”, comentou o mecânico capacitado pela Escola Park Tool

Vinicius ainda fala que foi uma experiência incrível: “foi ótimo conhecer um lugar novo com natureza espetacular, vários atletas e poder colocar em prática todo conhecimento que adquiri em sala de aula.”

A prática é essencial para a formação de um bom profissional, não importa a área de atuação. Porém, a teoria, o aprendizado e o estudo aprofundado, somados à parte prática são os grandes diferenciais que este profissional pode ter. E é na Escola Park Tool que isso é possível.

“A capacitação mudou muito meu jeito de trabalhar e de entender todo esse mundo da bike. Passei a me preocupar mais com a qualidade do serviço que é prestado e das informações que passo para meus clientes”, complementa o tricampeão do ranking do Selo de Qualidade.

Freio a disco hidráulico: o que você sabe e por que deve entendê-lo melhor

Freio a disco hidráulico: eles são o que há de melhor no mercado e a grande maioria dos ciclistas, hoje em dia, já contam com essa tecnologia em suas bicicletas. Entretanto, existe pouca informação sobre esse tipo de freio e quais os cuidados necessários para terem alta durabilidade e bom funcionamento. É sobre isso que vou falar. Vamos lá!

Falando de forma simples, objetiva e didática, o grande diferencial e principal característica do freio a disco hidráulico é que ele é capaz de atingir uma alta temperatura durante o pedal. E, ainda assim, ele se mantém funcionando normalmente, não apresentando variação de potência de frenagem. Além disso, permite ao ciclista frear usando pouca força em comparação aos outros tipos de freio.

Vale sempre a pena lembrar que freio a disco hidráulico não é tudo igual. Começa pelo fato que eles são projetados para funcionar com conjuntos de peça. Então, o ciclista, seja profissional ou amador, deve saber que eles precisam estar adequados e alinhados entre si – por exemplo, freio Shimano com peças Shimano, Formula com Formula, Magura com Magura Sram com Sram. E MUITO importante: intercambiar peças entre os freios pode comprometer o funcionamento deles.

Depois, as diferenças entre as marcas. Sim, elas existem e são bem grandes! Uns possuem mais potência de frenagem imediata, enquanto em outros a frenagem é gradual. Também variam de acordo com a modalidade praticada – XCO, downhill, mtb speed -, em que cada uma pede um tipo específico de freio a disco hidráulico. Por tudo isso é extremamente importante que o ciclista entenda e compreenda a necessidade de uso.

Dicas essenciais para quem possui freio a disco hidráulico na bicicleta

  • Manutenção preventiva: ela é importante em tudo o que diz respeito à conservação da sua bicicleta. É imprescindível sempre ver a recomendação do fabricante, que consta em todos os manuais que vem com o freio. Geralmente, se não apresentar nenhum tipo de defeito, a manutenção deve ser realizada uma vez por ano;
  • Manter as pastilhas com condições mínimas de uso, com espessura ideal, para evitar o desgaste do rotor e falha na frenagem.
  • Entender melhor a auto necessidade, para fazer a compra mais adequada do tipo de material de pastilha – resina ou metal.
  • Compreender melhor a proposta, condição e tipo de terreno que a bike será usada, já que isso também influencia na escolha da pastilha.
  • Procurar um mecânico capacitado com conhecimento reconhecido pela marca do Freio a disco hidráulico é muito importante e delicado, então é necessário alguém capacitado para tal.

Por que é importante ter conhecimento sobre freio a disco hidráulico?

Aprender e aprofundar o conhecimento sobre determinado assunto sempre é algo valioso. Quando falamos em freio a disco hidráulico não é diferente.

Para o lojista e o profissional que trabalha em uma oficina de bicicletas, é importante pois o capacita ainda mais a conhecer os produtos que revende e utiliza, além de agregar conhecimento técnico específico. Isso permite que a pessoa entenda melhor a necessidade do consumidor, o ciclista, para direcionar a melhor uma compra de acordo com o que ele precisa. Isso gera uma economia para os dois lados e ainda gera credibilidade para o profissional e a loja ou oficina que ele presta serviços.

Para o ciclista, se aprofundar nos sistemas de funcionamento e manutenção das principais marcas de freio hidráulico do mercado o faz ter conhecimento da necessidade para ele optar pela melhor escolha no momento da compra. Um curso específico sobre freio hidráulico traz embasamento e confiança, o que torna mais difícil aquela probabilidade do ciclista ser enganado por profissionais mal-intencionados.

Depois de entender um pouco mais sobre o assunto, é hora de buscar a especialização. No curso da Escola Park Tool você encontra tudo o que precisa e gostaria de saber sobre freio hidráulico, seja você um ciclista, mecânico ou lojista.

Quer saber mais sobre este e outros cursos, ou tem alguma dúvida sobre mecânica de bicicletas? Entre em contato conosco através das redes sociais da Escola Park Tool, será um prazer conversar com você.

 

Este texto foi publicado originalmente na Revista Bicicleta.

3 dicas de mecânica que todo ciclista deve saber

Quem nunca teve problemas na sua bicicleta que atire a primeira chave Allen, não é mesmo? Por isso entender de mecânica de bicicleta é algo tão importante. Dando a largada nesta coluna, o Bike Especialista da Escola Park Tool vai levar até você um conteúdo informativo, com dicas, informações e conselhos para você que ama pedalar não ficar na mão. Ou, se ficar durante o pedal, saber exatamente o que fazer. 

Seja para fazer uma trilha no final de semana ou pedalar até o trabalho, conhecer a sua bike e como ela funciona é essencial. Por estes e outros motivos, o Bike Especialista deste mês traz para você três dicas de mecânica de bicicleta que todo ciclista deveria saber.  

Lubrifique e troque a corrente sempre que necessário 

Você está pedalando e curtindo, mas ouvindo alguns barulhos que não entende muito bem o que são? Pois, então, este é um dos sinais clássicos de que já está na hora de lubrificar a corrente da sua magrela. Bicicletas que só rodam em asfalto exigem menos manutenção do que mountain bikes, que estão em contato constante com a terra. Mesmo assim, fique atento a rangidos, por menores que sejam.  

E a hora certa de trocar a corrente? É simples: fique sempre atento a ela. Apesar de ser uma peça que pode ser considerada barata, a corrente é o principal item de segurança da transmissão da sua bicicleta. E, com o uso constante, ela sofre o desgaste natural pelo atrito das partes metálicas e pela abrasão da terra, poeira, areia. Além disso, se o ciclista força muito a bike, pedalando de pé, por exemplo, ela pode ser prejudicada, precisando de uma troca. 

Quando ela começar a dar sinais que não está mais encaixando perfeitamente nos dentes das engrenagens, dando aqueles famosos “trancos”, é hora de trocar ou levar até o seu mecânico de confiança. Se você pedala na cidade, tenha certeza: essa iniciativa evitará custos muito maiores com o desgaste de outras peças.

Suspensão em bicicleta  

Limpe muito bem a sua suspensão 

Suspensão é coisa séria e cada uma tem a sua particularidade. Todas, porém, têm em comum o manual de uso. E, por isso, toda vez que você for pedalar é importante efetuar uma limpeza superficial, externa e internamente. Com um daqueles panos multiuso que você provavelmente possui na cozinha de casa é fácil fazer a limpeza da sua suspensão. 

Envolva o pano, que deve estar limpo, na haste da suspensão e limpe sempre de baixo para cima, sem usar nenhum produto químico. A direção da limpeza é essencial: se você fizer de cima para baixo é capaz de levar sujeira para dentro da suspensão, ficando mais difícil de higienizá-la. Faça isso nos dois lados, dê atenção ao tubo deslizante e pronto! 

Teste os freios, e troque se derem sinais de desgaste 

Não precisaria nem comentar, mas se os freios não estiverem em ordem, o ciclista corre grande risco durante o pedal. O processo vai das manetes no guidão, passa pela pressão dos cabos até chegar nas sapatas de borracha. Essas últimas, se estiverem ressacadas ou rachadas, devem ser trocadas. Ah, o mesmo vale caso estejam desgastadas (espessura de menos de ½ polegada), beleza?! 

Saber de mecânica de bicicleta é importante para todo o ciclista e, se você ainda não consegue realizar estes processos sozinho, vai uma outra dica para você se capacitar: os cursos da Escola Park Tool, que são capazes de transformar a sua vida. Seja amador ou profissional, para ter independência durante suas pedaladas, os cursos vão levar conhecimento para você pedalar sem problemas e te preparar para os possíveis contratempos. Torne-se, você também, um Bike Especialista! 

 

Este texto foi publicado originalmente na edição de Março/2018 da Revista Bicicleta.

Experiência que só a Escola Park Tool oferece: aluno participa como mecânico oficial no Big Biker

Quando estamos estudando, nada é maior que ansiedade de executar na prática o aprendizado adquirido em sala de aula, não é mesmo? E nesta última etapa do Big Biker 2018, foi o que aconteceu com Diego Hertel, mecânico formado na Escola Park Tool e atual número 1 do ranking do Selo de Qualidade.

Na prova do Big Biker, que aconteceu no último dia 9 de março em Itanhandu-MG, Diego teve a oportunidade de botar a mão na massa, sentir o ambiente de pressão que existe durante as provas de ciclismo e aplicar todo conhecimento que teve acesso: ele foi o mecânico de bicicletas oficial da equipe Oggi, experiência que só a Escola Park Tool pode oferecer.

“A experiência foi ótima, incrível! O trabalho de mecânico durante uma prova requer muito conhecimento de marcas e modelos de bikes, medidas. Devemos estar sempre atentos a tudo isso, mas estava tranquilo pois os módulos da Escola Park Tool ajudaram muito nesse quesito. Se não tivesse feito este curso, jamais seria capaz de fazer o que fiz no Big Biker”, explicou o mecânico profissional Diego Hertel.

Big Biker

O aluno da Escola Park Tool lembrou da importância de ter um conteúdo didático, teórico e prático, e focado em respeitar as indicações dos manuais de uso das marcas. “Ele dá o suporte que você precisa, respeitando os padrões e procedimentos”, afirma.

Diego ainda falou um pouco da atmosfera encontrada durante a etapa do Big Biker em Minas Gerais: “É totalmente diferente de uma oficina. A pressão é grande e por isso requer o conhecimento. Os atletas perguntam o porquê disso, daquilo, como faz tal coisa. Mas foi uma experiência incrível e, apesar da pressão, que é normal em provas como esta, consegui executar tudo no tempo esperado e de acordo com o que os atletas pediam.”

Preparar o aluno para os desafios da vida real e para o mercado de bikes faz parte do objetivo da Escola Park Tool: “Essa iniciativa ajuda muito mesmo. Tanto na parte de divulgação do seu serviço, quanto do conhecimento. E também na questão de mexer em bikes que você não ter oportunidade de manusear. Então, contribui muito para que seu cliente olhe diferente pra você, com mais confiança e credibilidade. Me senti muito importante ali, fazendo parte da equipe da Oggi durante uma prova como o Big Biker”, exaltou Diego.

Das salas de aula para as pistas ou oficinas de bike. A Escola Park Tool pode mudar a sua vida, também, e fazer do seu hobby o seu ganha pão. Quer mais uma prova de como o curso foi Timportante para o Diego Hertel? Olha o que que disse: “A Escola Park tool mudou tudo na minha vida pessoal e profissional! Depois que me formei na escola eu conheci mesmo o que é a mecânica de bike e passei a gostar mais da minha profissão. Com isso me fez pensar grande e procurar a evoluir pra estar sempre atualizado e preparado para atender os meus clientes!”

E você, quer fazer parte disso e ter, quem sabe, a mesma experiência do Diego? Conheça os cursos disponíveis e faça sua inscrição agora mesmo: https://goo.gl/Fq8Rmd.

O ranking dos mecânicos de bicicleta da Escola Park Tool tem um novo vencedor

Muitos ciclistas possuem o sonho de terem a própria oficina, e com Diego Hertel não é diferente. Com 21 anos e ciclista desde que se entende por gente, decidiu se tornar um mecânico de bicicletas profissional para ganhar a vida com o que ama, e foi desta maneira que ele conheceu a Escola Park Tool.

Entre os cursos oferecidos, Diego se interessou pelo curso de formação profissional, em que poderia ter conhecimento geral da bicicleta, além de adquirir um diploma internacional de mecânico profissional pela Park Tool. Durante as aulas, o estudante decidiu seguir próprio caminho e aplicar todo o conhecimento teórico na prática. Por isso, fundou a D’ Bikes, localizada na cidade de São Bernardo do Campo (SP).

D'Bikes

Na Escola Park Tool, Diego completou a especialização e conquistou, além do diploma, o selo de qualidade. “Essa iniciativa nos ajuda a avaliar e divulgar ainda mais os nossos serviços, servindo como motivação para continuar realizando um atendimento diferenciado e de qualidade e ser reconhecido e valorizado no mercado”, comentou, o agora mecânico profissional, Diego.

Hoje, 4 anos após ter completado o curso formação profissional para mecânicos, Diego afirma que a os cursos “abriram sua mente sobre o mercado de bike”. A principal característica de seus serviços é o incentivo de utilizar a bicicleta para esporte e lazer, oferecendo a máxima qualidade possível, com atendimento especializado e transmitindo confiança: “Presto meus serviços com experiência e honestidade, buscando atender o cliente da melhor maneira possível, pois o cliente bem atendido e satisfeito será nosso melhor meio de divulgação”.

Escola Park Tool

Por este e outros motivos, Diego Herter conquistou o prêmio de mecânico número 1 no mês de Fevereiro de 2018, a partir do ranking do selo de qualidade da Escola Park Tool. Quando questionado qual seria o motivo do reconhecimento, já que a iniciativa permite que os consumidores avaliem a qualidade do serviço dos mecânicos de bicicleta, Diego tem a acredita que “foi consequência dos atendimentos e serviços diferenciados, e da divulgação que fiz pra todos meus clientes sobre o ranking!”.

Viu, só? O reconhecimento pelo trabalho bem feito é algo intangível e, para isso, é preciso entender integralmente sobre o funcionamento da bicicleta e suas partes, manuais, procedimentos e gestão. Mas, através do conhecimento oferecido pela Escola Park Tool você também consegue conquistar o prestígio, reconhecimento e credibilidade no segmento.

Para maiores informações, fale com

Diego Hertel Escola Park Tool
Facebook: facebook.com/0dbikes Facebook: facebook.com/escolaparktool
  Instagram: @escolaparktool
Endereço: Rua Saburô Kagawa, 15 – Baeta Neves – São Bernardo do Campo Endereço: Rua Sargento José Spessoto, 25 – Vila Mariana – São Paulo

 

A Escola Park Tool está no Brasil desde 2013 e tornou-se referência em qualificação profissional. Com cursos de mecânica especializados, a Escola trabalha com módulos de especialização em cicloturismo, oficina especializada, especialista em suspensão e qualificação profissional. Possui módulos que funcionam para ciclistas amadores, lojistas do mercado de bicicletas e mecânicos interessados em atualização. É um curso moderno e totalmente alinhado com as novas tecnologias do mercado.

Selo de Qualidade Escola Park Tool: por que ele é importante para o segmento de manutenção de bicicleta?

Uma iniciativa criada com o objetivo de desenvolver o mercado brasileiro, especialmente o segmento de manutenção de bicicleta. O Selo de Qualidade da Escola Park Tool é a mais nova medida que, além de ajudar na valorização dos mecânicos formados a ganharem reconhecimento no mercado de trabalho, irá contribuir para que os serviços prestados aos consumidores e ciclistas sejam cada vez melhores e padronizados.

Por que surgiu o Selo de Qualidade Escola Park Tool?

Entendemos que a qualidade e a credibilidade são valores buscados incansavelmente pelas empresas ou profissionais autônomos que trabalham com manutenção de bicicleta. Isso, aliado à profissionalização, capacitação e padronização dos processos, manutenção – entre outros serviços de mecânica de bicicletas -, é essencial para aumentar ainda mais a competitividade no mercado, com reflexos positivos também para o consumidor final.

Por esta razão foi criado o Selo de Qualidade, que irá funcionar quase como um ISO, um parâmetro de excelência em serviços. Uma garantia para o apaixonado por bicicleta, que busca um lugar em que se possa confiar um de seus maiores bens.

Como funciona?

O selo é formado por um número, referente à loja ou oficina do mecânico, e um código QR. Este código dá acesso a uma planilha para responder algumas perguntas sobre a qualidade do atendimento na oficina. Com um smartphone, basta utilizar um leitor de QR Code e apontar para ele, fazendo o escaneamento do código de barras.

Acessando o site da Escola Park Tool, cada cliente pode avaliar e ajudar o mecânico profissional a conquistar pontos no ranking do Selo de Qualidade. Clique aqui e acesse a página do Selo de Qualidade Escola Park Tool.

Por que é bom para o segmento?

Elevar a qualidade dos serviços prestados no setor de manutenção de bicicleta como um todo, e mostrar que, com uma capacitação profissional, o mecânico pode estar melhor preparado para atender as demandas dos cada vez mais exigentes consumidores e ciclistas. Dessa forma, o mercado ganha força, mantendo sempre a qualidade como premissa de um bom trabalho.

É uma iniciativa que agrega valor nas duas pontas: no prestador de serviço e no consumidor.

E para o ciclista/consumidor, o que muda?

O principal objetivo é dar voz ao consumidor perante aos mecânicos profissionais. Com o sistema de avaliação, é possível até mesmo vislumbrar um outro tipo de relacionamento entre ciclista e mecânico ou oficina. Uma relação que não fique limitada à compra e venda, uma integração maior e confiança no trabalho.

Com a proposta do Selo de Qualidade, o ciclista poderá verificar se o seu mecânico possui capacitação técnica, se ele tem o conhecimento dos processos para oferecer os serviços de manutenção, consertos, etc. Consequentemente, quem trabalha com manutenção de bicicleta estará sempre atento à dinâmica e demanda do mercado, indo buscar automaticamente uma capacitação ou especificação na área de mecânica de bikes – e na Escola Park Tool você encontra diversos cursos para se atualizar e se capacitar, do iniciante ao avançado. Ou seja, o ciclista vai sentir na pele, ou melhor dizendo, na bike, uma melhoria em todos os serviços de mecânica, no atendimento, no relacionamento com seu mecânico.

Como o Selo de Qualidade influencia na vida do mecânico profissional?

Basicamente, a iniciativa vai entregar um feedback contínuo do serviço dele. E, com isso, irá estimular o profissional a se atualizar, realizar cursos de mecânica de bicicletas, aprender sobre gestão e capacitação técnica. O mais legal é que, ao ser bem avaliado e estar no topo do ranking, no final de cada mês, o mecânico mais bem avaliado terá a possibilidade de participar de eventos e competições da Escola, ganhando prêmios pela qualidade de seu atendimento.

Para os mecânicos capacitados e formados na Escola Park Tool, é uma ótima forma de valorização. O conhecimento adquirido nos muitos cursos favorecem a prestação de um serviço de excelente qualidade. É um motivo de se orgulhar por ostentar o Selo de Qualidade, é a prova da capacitação. E não basta apenas se formar e guardar o selo na gaveta, deixando-o cair no esquecimento.

É necessário entender que cada serviço de manutenção só acaba quando o ciclista volta na oficina. Então, a preocupação e o zelo pelo bom trabalho e atendimento devem ser constantes.

Depois da instauração do Selo de Qualidade Escola Park Tool, o segmento de manutenção de bicicleta tem tudo para crescer e melhorar. E, com a consciência de cada um dos envolvidos, seja o mecânico que busca aprimorar seu serviço ou o consumidor que avalia corretamente o profissional que lhe atende, a expectativa é aquecer e enriquecer ainda mais a qualidade do mercado no futuro.

Por que sua equipe precisa de um mecânico de bicicletas capacitado

Qual equipe, seja grande ou pequena, nunca sentiu a necessidade de ter um mecânico de bicicletas capacitado durante as provas de ciclismo e mountain bike? Se você é atleta ou treinador, já sabe o que estamos falando. Por isso, hoje vamos falar da importância de um profissional qualificado e com conhecimento integral da bicicleta que, com uma capacitação técnica, irá agregar ainda mais na performance da sua equipe.

É o caso, por exemplo, da Escola de MTB em Taubaté (que integra o Instituto Hoffmann de Desenvolvimento Esportivo), nova parceira da Escola Park Tool. Enquanto a primeira garimpa novos talentos e realiza ações para popularizar o esporte, a equipe da Escola Park Tool, mostrando também o seu lado social, está oferecendo a oportunidade de capacitar e qualificar um de seus talentos, Samuel Hoffmann, que em breve acompanhará a equipe de MTB nas provas e corridas.

Por que é importante ter o próprio mecânico

Rodney Hoffmann, o chefe de equipe e treinador da Escola de MTB em Taubaté, explica o valor dessa parceria, que conta com a expertise e credibilidade da Escola Park Tool.

Para ele, “é louvável essa parceria entre as empresas que possuem uma visão de futuro, e que reconhecem o potencial social do esporte como um todo. Nada melhor do que ter uma pessoa capacitada pela Escola Park Tool, que promove os melhores cursos do Brasil e do mundo.”

Abaixo ele lista dois fatores principais que oferecem verdadeiras vantagens à equipe que conta com um mecânico de bicicletas capacitado:

  • Prepara e ajusta a bicicleta do jeito certo

É essencial para, primeiro, o atleta competir com o equipamento mais alinhado e preparado possível durante a prova. Os pré-ajustes na bicicleta antes da prova, como alinhamento e calibragem de suspensões e pneus, são imprescindíveis para ter um aproveitamento ainda melhor no dia da corrida. Quem melhor para fazer isso do que um mecânico capacitado?

  • Reparos emergenciais rápidos e eficientes durante a prova

Ter o próprio mecânico é fundamental, também, para eventuais e possíveis ajustes emergenciais e urgências durante a corrida. Um mecânico capacitado promove ainda mais segurança ao atleta, principalmente se há a necessidade de um reparo imediato, como uma troca de canote, corrente, pneu. Com o conhecimento adquirido, a eficiência e rapidez nesses casos irão potencializar, inclusive, a performance do atleta. Se você fizer um paralelo com a Fórmula1, é o que fazem os mecânicos durante o pit stop.

 

E, então, o que está esperando para capacitar sua equipe e melhorar ainda mais os resultados dos seus atletas? Um mecânico de bicicletas capacitado pode ser um grande diferencial para o seu futuro. E, para se preparar para ele, conte com a Escola Park Tool nessa missão.

Além da profissionalização: quais as vantagens que só o aluno Escola Park Tool tem

Muito mais do que ser a principal instituição de mecânica de bicicletas da América Latina, a Escola Park Tool oferece uma série de benefícios que vão além da qualificação. Quem se forma na escola, além da profissionalização, também recebe vantagens exclusivas com grandes players do mercado brasileiro.

São descontos em compras de produtos, condições comerciais diferenciadas e fácil acesso a grandes distribuidoras. Confira abaixo cada uma destas parcerias que traz benefícios aos alunos da Escola Park Tool:

Solifes

Firmada em dezembro de 2017, esta parceria traz benefícios a todos os alunos que já passaram pelos cursos da Escola Park Tool – seja ele dono do seu próprio negócio ou funcionário de uma loja de bicicletas.

Com validade até o final de 2018, todos os alunos têm direito a um plano de descontos progressivos nas três primeiras compras dos produtos da marca brasileira – especialista em cremes anti-atritos e desengraxantes.

Entre os produtos da Solifes, destaque para o Endue Chamois, creme que tem sido elogiado por muitos atletas do Brasil. Além disso, a marca também possui o Hiper Lubrificante, excelente para relação de bicicletas, e o Desengraxante com foco na limpeza pesada, atendendo as exigências de praticidade, economia e eficiência.

Algoo

Quem é aluno da Escola Park Tool também conta com valores diferenciados do mercado e sem pedido mínimo na compra de produtos Algoo PowerSports. Com uma linha de produtos biodegradáveis como lubrificantes e graxas, eles contam com moderna tecnologia e são desenvovidos com foco no manuseio seguro e baixa toxicidade.

Na parceria com a Algoo, os alunos ganham mais do que descontos e condições comerciais diferenciadas: poderão utilizar durante as revisões e consertos alguns dos produtos mais bem avaliados por quem entende (além de não agredir ao meio ambiente).

Proparts (Rock Shox e Sram)

Os alunos que se formam nos módulos de suspensão Rock Shox, de relação, de freio hidráulico  e de shock traseiro Rock Shox recebem muito além da profissionalização. O principal diferencial destes módulos é que o formando, caso possua CNPJ, poderá se tornar Centro Técnico Autorizado Rock Shox e Sram – reconhecido pela Proparts, distribuidora oficial das marcas no Brasil.

Se tornando uma oficina autorizada, o aluno poderá adquirir peças de reposição diretamente com o distribuidor nacional da marca americana.

Para a Escola Park Tool, é um enorme sinal de reconhecimento que nossos alunos integrem os rígidos padrões de qualidade de marcas como Rock Shox e Sram.

Profissionalização

STA – Muc-Off, Oko, Rontek, etc.

Alunos da Escola Park Tool também têm acesso a uma política comercial diferenciada com a distribuidora STA. Com diversas marcas no catálogo, a empresa é mais conhecida por ser a representante oficial no Brasil dos produtos Muc-Off, um dos melhores do mundo para limpeza e lubrificação de bicicletas, e do selante Oko, produzido no Reino Unido e com diferentes estilos para cada tipo de ciclista.

Aliado à profissionalização, quem concluir os cursos da Escola Park Tool tem acesso a condições especiais na compra de toda a linha de produtos da STA.

muc off

Intac – suspensões Suntour

A maior escola de mecânica de bicicletas da América Latina também tem parceria com a Intac, uma das principais distribuidoras do Brasil. Quem fizer o curso para se tornar especialista em suspensões SR Suntour também recebe benefícios exclusivos.

Após a conclusão das 10 horas do curso, os alunos terão a profissionalização: total acesso às tecnologias da marca, além de receberem o certificado como oficina autorizada.

Mas as vantagens vão além disso: como oficina autorizada, a sua loja se tornará referência em serviço e pós-venda das suspensões – além de ter à disposição o canal comercial junto à Intac, distribuidora oficial SR Suntour no Brasil.

Profissionalização

X-Fusion

Reconhecido pelo distribuidor oficial da marca no Brasil, a Scitex, os mecânicos que concluírem o curso de suspensão dianteira, shock traseiro e canote hidráulico X-Fusion tornam a sua loja um centro técnico autorizado. O que isso significa?

Bom, além da sua loja se credenciar para realizar reparos nos produtos da marca, também significa que você poderá, com o seu CNPJ, comprar peças diretamente do distribuidor.

Este curso tem foco em mecânicos experientes, que querem se tornar especialistas em suspensões X-Fusion. São 10 horas de aulas práticas, baseadas nos principais modelos da marca no Brasil.

Sunbelt

A Escola Park Tool tem uma parceria exclusiva para os alunos que fizeram cursos de profissionalização na instituição. Todos que se formaram na escola têm acesso a benefícios na Sunbelt, distribuidora oficial de marcas como Stan’s NoTubes, A2Z, Obbit e Kool-Stop.

Todos têm acesso a uma política comercial especial, com pedido mínimo diferenciado aos alunos formados nos cursos da escola.

Quer saber mais? Fique de olho no nosso Facebook e no Instagram.

 

A Escola Park Tool está no Brasil desde 2013 e já formou mais de 6.000 alunos. O curso possui dez módulos diferentes e todos eles funcionam para ciclistas amadores, lojistas do mercado de bicicletas e mecânicos interessados em qualificação profissional. É um curso moderno e totalmente alinhado com as novas tecnologias do mercado.

Escola Park Tool divulga premiação do Desafio Mecânico 2017

O Shimano Fest 2017 está cada vez mais perto. E, com a chegada do evento, o Desafio Mecânico começa a tomar forma. Em seu segundo ano organizada em parceria com a Escola Park Tool, a competição voltada para mecânicos de bicicleta será realizada em quatro etapas, nos dias 16 e 17 de setembro, dentro da Arena Desafio Mecânico Escola Park Tool/Shimano, no Jockey Club de São Paulo-SP.

A premiação, que tem seu valor estimado em mais de R$ 13 mil, chegou essa semana à Escola Park Tool. Ao todo, serão três kits de ferramentas da marca Park Tool. Um PK-2 (com valor aproximado em R$ 8.500), um AK-2 (R$ 3.200) e um SK-2 (R$ 1.200) que serão distribuídos para o primeiro, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

Com local confirmado, faltavam as datas e horários, que foram oficialmente divulgados assim:

– Eliminatória: 16/9 – sábado – às 11h
– Semifinal: 16/9 – sábado – às 14h
– Repescagem: 17/9 – domingo – às 11h
– Final: 17/9 – domingo – 14h

A competição começa no sábado com a primeira prova eliminatória. Ao todo serão dez mecânicos participando dessa etapa e, somente seis deles, se classificarão para a fase seguinte. Na Eliminatória, os dois últimos são eliminados, enquanto os outros dois vão para a repescagem.

Depois disso, os seis mecânicos classificados disputam a semifinal, onde apenas os dois melhores da etapa garantem vaga direta na final. Nessa fase, três são eliminados e apenas um mecânico vai para a repescagem.

No domingo, às 11h, três mecânicos disputarão a repescagem e o melhor deles conquista um lugar na final do Desafio Mecânico. Às 14h começará a grande decisão, onde os três finalistas disputam minuto a minuto o primeiro lugar.

“É preciso calma nas tarefas, pois todos que estão lá são excelentes mecânicos. O vencedor será o mais rápido naquele dia, mas não quer dizer que ele é o melhor. Ali estão os mais capacitados mecânicos do mercado brasileiro de bicicletas e a tranquilidade vai fazer diferença”, analisa José Ronaldo, vice-campeão no Desafio Mecânico em 2016.

José Ronaldo 001

José Ronaldo, vice-campeão no Desafio Mecânico 2016

Lembrando que só podem participar do desafio os mecânicos de bicicleta que: já completaram todos os módulos da plataforma Shimano S-TEC e os alunos com certificado de formação profissional e 10 módulos da Escola Park Tool (validade internacional) completos. Se estiver de acordo, pode fazer sua inscrição no link.

“Participar do Desafio Mecânico sendo recém-formado como mecânico profissional e ficar em terceiro lugar foi um grande resultado para mim. Acredito que tomei a decisão certa de tornar no que era um hobby uma profissão”, completa Alan Vieira, terceiro colocado na primeira edição organizada pela Escola Park Tool.

Quer saber mais sobre tudo o que aconteceu na Escola Park Tool? Entre no site www.escolaparktool.com.br e fique de olho nas nossas redes sociais.

Como iniciar um pequeno e um grande negócio

Em mais uma parceria com o Sebrae, a Escola Park Tool traz gratuitamente para seus alunos o curso Iniciando um pequeno e grande negócio, onde os alunos terão a oportunidade de conhecer princípios, fundamentos e práticas de empreendedorismo que auxiliam na preparação para a abertura de negócios; além de um tutor experiente para esclarecer dúvidas individuais e prestar consultoria na construção do seu plano de negócios. 

Público-alvo: Microempreendedor individual, Potencial empreendedor, Potencial empresário
Investimento: Gratuito
Carga horária: 30 dias / 30 horas

O conteúdo do curso inclui: conhecimentos sobre o que e como fazer para iniciar um novo negócio; compreensão do negócio como um processo; noções de produtos e serviços com a qualidade exigida pelo mercado; dicas sobre comportamentos empreendedores capazes de impulsionar o empreendimento rumo ao sucesso; técnicas para a elaboração de pesquisas de mercado, que possibilitarão maior conhecimento dos clientes, fornecedores e concorrentes; e orientações para a construção de um plano de negócio para os pequenos empreendimentos.

 

Clique aqui para se matricular gratuitamente no curso.

Fonte: Portal Sebrae