4 erros comuns entre ciclistas iniciantes e como evitá-los

Você conseguiu! Depois de muito planejamento, adquiriu a sua bicicleta. Agora vai de bike para o trabalho, não pega trânsito, faz exercício, melhora sua qualidade de vida e ainda conseguiu um hobby para o final de semana: pedalar na trilha.

Mas faltou um detalhe que talvez tenha passado despercebido: como usar a mecânica para manter a qualidade do seu equipamento? Pensando nisso, a Escola Park Tool separou 4 erros comuns entre ciclistas iniciantes e (o mais importante, claro!) como evitá-los ou solucioná-los.

Veja abaixo:

1-Deixar a manutenção de lado

Levar a bicicleta ao mecânico com frequência é muito importante para manter a qualidade e a vida útil do seu equipamento. Claro que, se o ciclista tiver o conhecimento necessário, ele mesmo pode fazer alguns reparos na própria magrela. O que é recomendável, pois só assim você irá conhecê-la de verdade.

Mesmo assim, contar com um profissional de confiança para fazer os ajustes mais complexos e diagnosticar problemas é fundamental. O mais importante é ter em mente que sempre a manutenção preventiva vai ser mais barata do que a corretiva.

2- Não limpar a bicicleta

“É só jogar uma água e pronto, né?” Não. A bicicleta tem uma série de componentes e peças pequenas que, se não forem limpas do jeito certo, podem dar uma grande dor de cabeça no futuro. Se você curte pedalar na trilha o cuidado deve ser ainda maior. Usar ou não usar querosene? Qual produto é melhor? Onde devo esfregar? É fundamental saber como tirar a sujeira de cada lugar da sua bike, principalmente no caso de lama e poeira.

3- Lubrificação é importante?

Muito, assim como a limpeza de cada parte da sua magrela. A lubrificação pode evitar danos à corrente, cassete e outras partes da bicicleta. O ciclista iniciante precisa aprender como fazer esse processo com eficácia para evitar problemas ainda maiores no futuro.

4- Não saber como fazer as manutenções de emergência

Ficar refém do mecânico – por mais que tenha confiança no profissional – não é bom para qualquer ciclista, seja iniciante ou mais experiente. Ter pelo menos uma noção básica para rebater um diagnóstico ou até mesmo fazer uma manutenção durante o pedal é essencial.

Não dá para comprar uma bike e não conhecer como ela funciona, não é mesmo? E se furar um pneu ou quebrar/soltar sua corrente?

5- A solução para todos esses problemas! :)

Pensando nisso, a Escola Park Tool montou sua grade de cursos com o módulo Iniciante, especialmente desenvolvido para ciclistas iniciantes ou experientes. Durante 5 horas, o aluno vai aprender na prática a fazer um remendo de câmara, reparo de corrente, alinhamento de roda, forma correta de lubrificação para evitar danos futuros e limpeza da bicicleta.

Um verdadeiro manual de sobrevivência do ciclista. Gostou? Então, veja como se matricular no link.

Esses são só alguns exemplos. Imagine que tem muito mais. Gostou? Então, fique de olho nas novidades da Escola Park Tool! Entre no site www.escolaparktool.com.br ou veja no Facebook www.facebook.com/escolaparktool.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *