Manutenção preventiva: o que checar na bicicleta antes do pedal

Quem usa a bicicleta como meio de transporte ou apenas por lazer aos finais de semana não se preocupa muito com a manutenção preventiva dos componentes da bike. Pois saiba que não é preciso ser um mecânico profissional para cuidar corretamente da sua magrela – e, de quebra, diminuir consideravelmente as chances de ter problemas no pedal e aumentar a vida útil da bicicleta.

Para dar algumas dicas pra você, convidamos Júlio César Doná, que é auxiliar aqui da Escola Park Tool. Primeiro de tudo, ele listou 6 pontos importantes que devem ser checados antes do pedal. São eles:

1- limpeza da bicicleta

2- medição e lubrificação da corrente

3- verificação e correção da pressão dos pneus

4- verificação de cortes ou avarias nos pneus

5- observação de barulhos estranhos e diferentes do normal

6- verificação e correção dos sistemas de freios, especialmente as pastilhas e sapatas

Para fazer esta manutenção preventiva, ter conhecimento sobre os componentes da bicicleta é muito importante. Se você não tem muita experiência, talvez um curso básico de mecânica pode te ajudar – dê uma olhada neste link que tem informações importantes para você.

 

Manutenção Preventiva

Equipamentos

Para uma boa limpeza da sua bicicleta, é importante ter alguns itens em casa. De acordo com Júlio César, luvas de borracha, óculos de proteção, balde, sabão neutro e um desengraxante apropriado são importantes. E não se esqueça: NUNCA use desengraxantes à base de derivados de petróleo.

Na limpeza, que é parte importantíssima da manutenção preventiva da bicicleta, também é aconselhável utilizar uma escova dura e apropriada para a corrente e o cassete. Para o quadro, o ideal é usar uma escova macia.

Dica bônus do especialista: na lubrificação da corrente, use SEMPRE lubrificantes próprios para bicicleta. Nem pense em querosene ou óleo não apropriado.

Estes são os conselhos do especialista para manter o equipamento em ordem e funcional com uma ótima manutenção preventiva.

 

Acompanhe no Facebook e no Instagram todas as novidades e parcerias da Escola Park Tool. Você vai poder conferir fotos, vídeos, notícias e todas as informações da primeira escola de mecânica de bicicleta da América Latina.

Por que um bom mecânico de bicicletas é importante?

Foto: Pedro Cury

Habilidade técnica, dedicação e qualificação profissional. Este tripé é fundamental para quem quer entender de mecânica de bicicletas. Mas por que é importante contar com um bom mecânico para a sua bike? Contar com um profissional de confiança – e até saber qual a formação do especialista – pode fazer muita diferença no desempenho e na segurança de quem pedala.

Mas, na prática, que diferença faz alguém que tenha qualificação e que conheça todos os detalhes e segredos da mecânica de bicicletas? Para quem pedala constantemente, faz muita diferença.

A atleta olímpica Raiza Goulão, um dos principais nomes do mountain bike brasileiro, diz que já passou por algumas dificuldades com isso – como qualquer ciclista, né?! Hoje, entende perfeitamente o que um especialista em mecânica de bicicletas pode fazer por ela.

“Quem pedala precisa ter o equipamento impecável, em ótimas condições. Quando você tem um mecânico de confiança, que está sempre atualizado e investindo em cursos, facilita demais. Entro nas provas só pensando em pedalar e nada mais”, diz a atleta.

A análise dela é corroborada por Willian Cruz, editor do site Vá de Bike. Ele tem a bike como principal meio de transporte pelas ruas de São Paulo, indo a compromissos profissionais e pessoais pedalando. E diz que já passou por situações desagradáveis em oficinas mecânicas de bicicleta.

“Encontrei mecânicos que ficam forçando situação para o cliente gastar mais, inventando problemas que não existem e exagerando em pequenas coisas que não demandam troca. Já deixei de ir em várias oficians por conta disso”, comenta.

Infelizmente esse problema não acontece só com ele, a gente sabe disso. Por este motivo é importante saber das qualificações do profissional a quem confiamos a nossa bicicleta (para quem é mecânico, recomendamos este texto aqui).

Depois de passar por maus mecânicos, hoje Willian tem clara a importância de deixar a bike em um profissional de confiança.

“O bom mecânico é aquele que tem um conhecimento técnico profundo, mas que também se esforça em conhecer a realidade de uso do cliente para sugerir mudanças de configuração da bicicleta. Às vezes, um pneu diferente, um câmbio de outro tipo ou até uma mesa mais alta fazem bastante diferença”, diz Willian.

O que a gente aqui na Escola Park Tool concorda demais, e inclusive fala disso nos nossos cursos: mais do que conhecimento técnico, é importante entender de gestão e da realidade dos ciclistas.

mecânica de bicicletas

Para Giancarlo Clini, diretor da IGP Sports (que distribui a Scott no Brasil), um mecânico é importante para quem pedala a lazer, para quem usa a bicicleta como meio de transporte e, claro, também para atletas.

“Um bom mecânico garante a durabilidade da bicicleta, fazendo manutenção preventiva e evitando desgaste prematuro dos componentes. Uma bike bem cuidada é uma bike confiável”, explica ele.

Raiza ainda complementa dando a dica: revise sua bicicleta (em um mecânico qualificado, claro) uma vez ao mês. “Minha sugestão é uma vez ao mês para quem pedala constantemente. Assim sua bicicleta vai estar sempre pefeita pra você”.

Quer saber mais? Fique de olho no nosso Facebook e no Instagram.

A Escola Park Tool está no Brasil desde 2013 e já formou mais de 2.000 alunos. O curso possui dez módulos diferentes e todos eles funcionam para ciclistas amadores, lojistas do mercado de bicicletas e mecânicos interessados em qualificação profissional. É um curso moderno e totalmente alinhado com as novas tecnologias do mercado.

Escola Park Tool promove qualificação nos dois maiores eventos do mercado de bicicletas do Brasil

A Escola Park Tool começa o mês de outubro com o seguinte balanço: a participação de sucesso nos dois maiores eventos de bicicleta da América Latina: Shimano Fest e Brasil Cycle Fair 2017. Tanto no festival, quanto na feira, a instituição conquistou seu objetivo ao compartilhar conteúdo técnico sobre a mecânica de bike – além de fomentar a qualificação e a certificação por meio de desafios e competições interativas com o público.

Desafio Mecânico no Shimano Fest 2017

Com um nível técnico mais elevado e provas mais equilibradas, o Desafio Mecânico foi uma das atrações no evento do Jockey Club, zona sul da capital paulista. Mais do que premiar os três primeiros colocados com kits de ferramentas da Park Tool, a escola conseguiu promover, estimular e valorizar a capacitação e o mecânico qualificado durante o Shimano Fest.

“Uma experiência sensacional. Eu poderia ficar na última colocação, mas faria acontecer e não deixaria de cumprir minha parte. Fui, fiz minha parte e entreguei. Mesmo com o nervosismo, deixando o cubo com um pouco de folga, eu não desisti e cumpri o que tinha que cumprir. E mais: no ano que vem estarei lá de novo”, conta Vanusa Lemos Toledo, que veio de Santos-SP com torcida organizada para encarar o desafio.

Final Desafio Mecânico

Arena Bike Ajuda na Brasil Cycle Fair 2017

O propósito inicial era promover em parceria com o Bike Ajuda uma série de cursos de mecânica básica para o público presente durante a principal feira de bicicleta da América Latina. Porém, a escola foi além e – em parceria com a Intac – desenvolveu alguns pequenos desafios durante o evento.

“Recebi um equipamento novo na caixa e tive que seguir o manual para instalar da forma correta no tempo de 20 minutos. Depois, eles iam analisar se estava configurado e instalado na bike da forma certa. Recebi algumas dicas, venci e estou levando para casa um velocímetro”, disse Luis Felipe Santos, que visitou a feira pela primeira vez.

Para Caíque Pereira, instrutor técnico da Escola Park Tool, público que compareceu à Arena Bike Ajuda aprendeu muito com o conteúdo passado pelos instrutores.

“Esses cursos foram voltados ao consumidor final, para demonstrar mesmo como é o dia a dia do mecânico de fazer uma manutenção de bikes e saber como fazer e por que fazer. Então, o tempo também é importante”, disse, referindo-se à limitação de minutos do desafio.

Como a primeira escola especializada na formação e capacitação de mecânicos da América Latina e a única a oferecer certificação internacional, nós não poderíamos ficar de fora.

Por meio desses grandes eventos conseguimos divulgar e apresentar a importância da valorização do profissional capacitado. E, como esses pequenos detalhes que os nossos alunos aprendem em sala, podem fazer a diferença na manutenção preventiva ou corretiva.

Enfim, o que podemos esperar da Escola Park Tool ano que vem? Esperamos que maiores desafios e ainda mais conteúdo novo para nossos alunos.

Cycle Fair oficina

Quer saber mais sobre tudo o que aconteceu na Escola Park Tool? Entre no site www.escolaparktool.com.br e fique de olho nas nossas redes sociais.

A Escola Park Tool está no Brasil desde 2013 e já formou mais de 2.000 alunos. O curso possui dez módulos diferentes e todos eles funcionam para ciclistas amadores, lojistas do mercado de bicicletas e mecânicos interessados em qualificação profissional. É um curso moderno e totalmente alinhado com as novas tecnologias do mercado.